Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

Regras de Uso

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o radialista realize o login no site da Agência do Rádio - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 Mais não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

Foto: divulgação

PE: SESI lança pacote de vídeos com exercícios físicos para driblar ociosidade e tristeza durante pandemia

Com duração média de cinco minutos, os vídeos têm o objetivo de levar dicas de saúde física e mental à população e trabalhadores da indústria

Salvar imagemTexto para rádio

Fazer uma caminhada ao ar livre ou malhar em uma academia parecem realidades cada vez mais distantes nessa época de pandemia. Mas para não deixar a peteca cair durante esse tempo de isolamento social e manter o corpo e a mente em atividade, o Serviço Social da Indústria (SESI) do estado lançou um pacote de vídeos com dicas de exercícios físicos. A ideia é que empresários, trabalhadores da indústria e a população pernambucana em geral se atentem à importância de novos hábitos de saúde, especialmente nesse período. 

“O nosso grande objetivo é em relação à conscientização, tanto por parte do empresário como por parte do trabalhador no que tange à qualidade de vida. A gente tem uma preocupação muito grande com os três pilares da promoção da saúde, que envolvem atividade física, alimentação saudável e saúde mental”, explica a diretora de Saúde e Segurança na Indústria do SESI-PE, Fernanda Guerra. 

De acordo com dados do Ministério da Saúde, cerca de 55% da população brasileira está acima do peso. O perigo, alerta Fernanda, é que o nível de atividades tende a cair nesse período de quarentena. “Já existe essa tendência, uma vez que estamos de home office, não fazemos o movimento de transporte de ida e vinda do trabalho, não podemos passear nos parques porque estão fechados. Então, essa queda na intensidade, na atividade física diária é uma grande preocupação”, acrescenta.

Os vídeos com atividades físicas são curtos, com duração de até cinco minutos. Neles, os usuários terão dicas de alguns exercícios a serem realizados, com intensidade de leve a moderada, indicados para pessoas sem limitação musculoesquelética e/ou contraindicação médica. 

Fernanda Guerra lembra que todos os exercícios são orientados por profissionais da área de educação física registrados no Conselho Regional de Educação Física da 12ª Região de Pernambuco (CREF 12/PE). 

“Os vídeos servem não só para melhorar flexibilidade, resistência e força, mas principalmente ajudar a diminuir os fatores emocionais, como estresse, ansiedade, insônia, fatores que têm preocupado bastante nesse período de pandemia”, pontua. 

Os interessados podem contratar pacotes de cinco, dez ou 15 vídeos pelo telefone 0800 600 9606. Os preços variam entre R$ 160 e R$ 480 por mês. As indústrias do estado têm desconto de até 20% nesses valores. “Para a comunidade geral, o SESI disponibiliza nas redes sociais muitas dicas de exercícios e formas seguras de realizá-los.” Essas orientações, segundo a diretora de Saúde e Segurança na Indústria do SESI-PE, são gratuitas e podem ser acessadas nas páginas da instituição no Facebook e no Instagram. 
 

Continue Lendo

Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC: O SESI lançou uma série de vídeos com dicas de atividades físicas para ajudar a população do estado nesse período de pandemia. A ideia, segundo a entidade, é reforçar às pessoas, em especial os trabalhadores da indústria, sobre a necessidade de manter hábitos saudáveis mesmo sem frequentar academias, por exemplo. 

A diretora de Saúde e Segurança na Indústria do SESI/PE, Fernanda Guerra, explica que a ação é uma forma de se adaptar a uma nova rotina criada  por conta do isolamento social. 
 

“O nosso grande objetivo é em relação à conscientização, tanto por parte do empresário como por parte do trabalhador no que tange à qualidade de vida. A gente tem uma preocupação muito grande com os três pilares da promoção da saúde, que envolvem atividade física, alimentação saudável e saúde mental.” 

LOC.: Cada vídeo tem duração de até cinco minutos. Neles, os trabalhadores terão dicas de três a cinco exercícios a serem realizados, tudo com orientação de profissionais registrados no Conselho Regional de Educação Física. 

Segundo Fernanda Guerra, a prática de exercícios físicos é importante nesse período de pandemia, já que, de casa, a tendência é que as pessoas se movimentem menos.
 

“Os vídeos servem não só para melhorar flexibilidade, resistência e força, mas principalmente ajudar a diminuir os fatores emocionais, como estresse, ansiedade, insônia, fatores que têm preocupado bastante nesse período de pandemia.”

LOC.: Os interessados podem contratar pacotes de cinco, dez ou 15 vídeos pelo telefone 0800 600 9606. Os preços variam entre R$ 160 e R$ 480 por mês e as indústrias do estado têm desconto de até 20% nesses valores.

Para quem não puder arcar com esse valor, o SESI disponibiliza gratuitamente nas redes sociais dicas de exercício e formas seguras de realizá-los. Para mais informações, acesse pe.sesi.org.br.

Reportagem, Jalila Arabi.