Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

Regras de Uso

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o radialista realize o login no site da Agência do Rádio - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 Mais não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

Oscar 2018 consagra “A Forma da Água” como melhor filme

Gary Oldman levou a estatueta de melhor ator pela atuação como Winston Churchill em “O Destino de uma Nação”

Salvar imagem

Na cerimônia do Oscar 2018, “A Forma da Água” levou a estatueta de melhor filme e foi o grande vencedor da nonagésima edição da premiação do cinema mundial. O enredo conta a história de Elisa, uma zeladora muda que trabalha em um laboratório onde um homem anfíbio está sendo mantido em cativeiro. Quando Elisa se apaixona pela criatura, elabora um plano para ajudá-lo a escapar com a ajuda de seu vizinho. O evento promovido pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos aconteceu na noite deste domingo (4) no Teatro Dolby, em Los Angeles.

O mexicano Guillermo Del Toro conquistou o Oscar de melhor diretor por “A Forma da Água”. Gary Oldman levou o Oscar de melhor ator pela atuação em “O Destino de uma Nação”. Frances McDormand conquistou a estatueta de melhor atriz por seu trabalho em “Três Anúncios para Um Crime”.

O ator Sam Rockwell conquistou o Oscar de melhor ator coadjuvante (Três Anúncios para Um Crime) e Allison Janney (Eu, Tonya) levou o prêmio na categoria feminina. O Chile levou sua primeira estatueta de melhor filme estrangeiro por “Uma Mulher Fantástica”.

A grande surpresa ficou por conta de Kobe Bryant, ex-jogador do Los Angeles Lakers, que ganhou, junto com o animador Glen Keane, o Oscar de melhor curta-metragem de animação por "Dear Basketball". Ele é autor do roteiro e também o narrador, em que conta sua trajetória vitoriosa no basquete.

Reportagem, Tácido Rodrigues
 

Fonte: Brasil 61

Continue Lendo





Receba nossos conteúdos em primeira mão.