Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

Regras de Uso

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o radialista realize o login no site da Agência do Rádio - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 Mais não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

ENTREVISTA (1): Dubladora da Princesa Leia, Mabel Cezar fala sobre a carreira

Dubladora de personagens como Princesa Leia, de Star Wars, Jessie, de Toy Story, e Minnie Mouse fala sobre carreira

Salvar imagem

Olá, eu sou a Sara Rodrigues, e no Agência Entrevista de hoje eu vou bater um papo com a dubladora de personagens muito conhecidas aqui no Brasil. Mabel Cezar é a voz brasileira da Princesa Leia, de Star Wars, Jessie, de Toy Story, e da Minnie Mouse. Este programa está dividido em dois blocos. Esse é o bloco um.

Mabel, é muito bom recebê-la em nosso programa. Para começar, gostaria de saber de onde surgiu essa ideia de ser dubladora. Alguém disse que sua voz era boa para isso ou foi um sonho de infância?

“Quando eu era pequena, eu queria ser artista, mas nunca deu. Meus pais não tinham condição de me levar ou de fazer curso. E essa história ficou escondidinha e guardadinha no meu coração. Quando eu estava amamentando minha filha mais velha, que hoje tem 23 anos, eu vi um anúncio de curso de dublagem no jornal. Pedi para minha mãe ficar com minha filha, depois que eu amamentei, e fui fazer uma aula experimental de curso de dublagem. E ao fazer a aula, eu vi que queria aquilo para mim. Vi que era natural, dublar é natural pra mim. E eu queria fazer aquilo da vida. E eu continuei a fazer o curso enquanto estava de licença-maternidade. E então descobri que precisava ser atriz, para ser dubladora. Porque a dublagem é só uma vertente do trabalho de atriz.”

Como funciona? Você faz aulas de teatro, vai ao fonoaudiólogo? Qual é o tipo de preparação?

“Eu não paro nunca. Eu acho que isso é do trabalho do ator, o ator tem isso. Como a gente trabalha com a emoção e com o ser humano, a gente não pode ficar estagnado. Se a gente fica estagnado, a gente não acompanha a evolução das coisas que estão acontecendo. E eu sinto que quanto mais eu me especializo, melhor atriz eu fico, melhor atriz eu me torno para todas as coisas que eu faço como atriz. Eu estou sempre me especializando. Fonoaudióloga é sempre. Faço exercícios da minha fono, de vez em quando volto ao consultório. Faço teatro, especializações de corpo, de técnicas novas de ator. Eu não paro.”

Mabel, você atua como dubladora, mas você também ensina pessoas que desejam seguir essa profissão. Que tipo de curso você dá?

“A empresa sou eu e a Rayani Immediato, que é minha sócia, minha esposa, que é dubladora e é tradutora para dublagem. Através da SBD, a gente dá os nossos cursos. Eu tenho curso de dublagem, vai ter curso de locução muito em breve, vai ter curso de comunicação muito em breve. Tem tradução para dublagem online.”

Esse foi o primeiro bloco do Agência Entrevista com a dubladora Mabel Cezar. Voltamos já!

Fonte: Brasil 61

Continue Lendo





Receba nossos conteúdos em primeira mão.