Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

Regras de Uso

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o radialista realize o login no site da Agência do Rádio - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 Mais não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

Divulgação

Desde fevereiro, estoque do Banco de Leite Humano de Vitória da Consquista (BA) diminuiu 45%

De fevereiro até o final de maio, o estoque do Banco de Leite Humano do Hospital Municipal Esaú Matos, em Vitória da Conquista, diminuiu 45% quando comparado ao volume coletado no ano passado

Salvar imagemTexto para rádio

De fevereiro até o final de maio, o estoque do Banco de Leite Humano do Hospital Municipal Esaú Matos, em Vitória da Conquista, diminuiu 45% quando comparado ao volume coletado no ano passado. A média de recolhimento de leite materno na unidade é de 100 litros por mês, mas devido à pandemia do coronavírus no Brasil, no mês passado por exemplo, foram coletados 59 litros. 

Atividades realizadas pelo Banco de Leite Humano de conscientização sobre a importância da doação de leite materno, como palestras e reuniões em grupos, também foram afetadas pela disseminação da Covid-19.

O trabalho da unidade é para sensibilizar mulheres como a Roseane Cristina, doadora de leite materno há cerca de dois meses. Por produzir leite materno em excesso, ela resolveu ajudar mães que não podem amamentar o próprio filho e estão internados nas Unidades Neonatais. Roseane faz um apelo para que mulheres lactantes e que podem doar continuem doando leite materno.

“Você que é mãe, sabe da importância que é o leite materno nesses primeiros dias de vida de uma criança. Então, você que está em casa, que tem seu filho em seus braços, que tem o prazer e o privilégio de amamentá-lo, ajude aquelas mães que estão em hospitais, afastadas de seus filhos por algum motivo, que não têm o mesmo privilégio de amamentá-lo. Ajudem!”

A Coordenadora de Saúde da Criança e Aleitamento Materno do Ministério da Saúde, Janini Selva Ginani, explica que o leite materno doado é voltado, principalmente, para crianças internadas em Unidades Neonatais.

“O público alvo das doações de leite materno são os bebês prematuros e de baixo peso internados nas unidades de cuidados intensivos neonatais, os mais vulneráveis e que precisam de maneira mais urgente de doações.”

Qualquer mãe que queira ser doadora em Vitória da Conquista pode procurar o Banco de Leite Humano do Hospital Municipal Esaú Matos. Caso deseje atendimento pessoalmente, a recomendação é ligar e fazer o agendamento para evitar aglomeração.

O Banco de Leite Humano de Vitória da Conquista está localizado na avenida Macaubas, número 100, no bairro Kadija. O local funciona todos os dias, das oito da manhã ao meio dia, e das duas da tarde às seis da noite. A unidade também faz coleta domiciliar, inclusive aos finais de semana e feriados, das sete da manhã à uma da tarde. O telefone de contato é o (77) 3420-6237. Repetindo: (77) 3420-6237. 

Doe leite materno. Nessa corrente pela vida, cada gota faz a diferença. Procure o Banco de Leite Humano mais próximo ou ligue para o Disque Saúde, no número 136, para tirar qualquer dúvida. Para mais informações, acesse saude.gov.br/doacaodeleite. 
 

Continue Lendo





Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: De fevereiro até o final de maio, o estoque do Banco de Leite Humano do Hospital Municipal Esaú Matos, em Vitória da Conquista, diminuiu 45% quando comparado ao volume coletado no ano passado. A média de recolhimento de leite materno na unidade é de 100 litros por mês, mas devido à pandemia do coronavírus no Brasil, no mês passado por exemplo, foram coletados 59 litros. 

Atividades realizadas pelo Banco de Leite Humano de conscientização sobre a importância da doação de leite materno, como palestras e reuniões em grupos, também foram afetadas pela disseminação da Covid-19.

O trabalho da unidade é para sensibilizar mulheres como a Roseane Cristina, doadora de leite materno há cerca de dois meses. Por produzir leite materno em excesso, ela resolveu ajudar mães que não podem amamentar o próprio filho e estão internados nas Unidades Neonatais. Roseane faz um apelo para que mulheres lactantes e que podem doar continuem doando leite materno.

TEC./SONORA: Roseane Cristina, doadora.

“Você que é mãe, sabe da importância que é o leite materno nesses primeiros dias de vida de uma criança. Então, você que está em casa, que tem seu filho em seus braços, que tem o prazer e o privilégio de amamentá-lo, ajude aquelas mães que estão em hospitais, afastadas de seus filhos por algum motivo, que não têm o mesmo privilégio de amamentá-lo. Ajudem!”

A Coordenadora de Saúde da Criança e Aleitamento Materno do Ministério da Saúde, Janini Selva Ginani, explica que o leite materno doado é voltado, principalmente, para crianças internadas em Unidades Neonatais.

TEC./SONORA: Janini Selva Ginani, Coordenadora de Saúde da Criança e Aleitamento Materno do Ministério da Saúde.

“O público alvo das doações de leite materno são os bebês prematuros e de baixo peso internados nas unidades de cuidados intensivos neonatais, os mais vulneráveis e que precisam de maneira mais urgente de doações.”

LOC.: Qualquer mãe que queira ser doadora em Vitória da Conquista pode procurar o Banco de Leite Humano do Hospital Municipal Esaú Matos. Caso deseje atendimento pessoalmente, a recomendação é ligar e fazer o agendamento para evitar aglomeração.

O Banco de Leite Humano de Vitória da Conquista está localizado na avenida Macaubas, número 100, no bairro Kadija. O local funciona todos os dias, das oito da manhã ao meio dia, e das duas da tarde às seis da noite. A unidade também faz coleta domiciliar, inclusive aos finais de semana e feriados, das sete da manhã à uma da tarde. O telefone de contato é o (77) 3420-6237. Repetindo: (77) 3420-6237. 

Doe leite materno. Nessa corrente pela vida, cada gota faz a diferença. Procure o Banco de Leite Humano mais próximo ou ligue para o Disque Saúde, no número 136, para tirar qualquer dúvida. Para mais informações, acesse saude.gov.br/doacaodeleite.