Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

Regras de Uso

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pela Agência do Rádio Mais só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pela Agência do Rádio Mais só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pela Agência do Rádio Mais só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

Declaro que li e aceito os Termos de Uso.
Foto: Sefaz - RS

Vendas dos supermercados tiveram alta em novembro

Segundo a ABRAS, as vendas de novembro foram impactadas principalmente pela Black Friday

Salvar imagemTexto para rádio

De acordo com o Índice Nacional de Vendas da Associação Brasileira de Supermercados, a ABRAS, até novembro deste ano, os supermercados brasileiros registraram crescimento real de 3,76%, na comparação com o mesmo período do ano anterior. 

O resultado ultrapassa a meta inicial da entidade nacional, de 3%, que havia sido anunciada em janeiro. 

Segundo a ABRAS, as vendas de novembro foram impactadas principalmente pela Black Friday. Além disso, o setor foi impulsionado pela liberação do FGTS/PIS Pasep, incentivo às promoções no varejo, 13º salário, entre outras medidas.  

O Abrasmercado, que é o indicador que analisa os preços dos 35 produtos mais consumidos no autosserviço, registrou alta de 2,38% em novembro, passando de R$ 471,92 para R$ 483,15. O resultado, de acordo com a GfK, responsável pela apuração, foi impactado pelo valor da carne. 


 

Continue Lendo

Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: De acordo com o Índice Nacional de Vendas da Associação Brasileira de Supermercados, a ABRAS, até novembro deste ano, os supermercados brasileiros registraram crescimento real de 3,76%, na comparação com o mesmo período do ano anterior. 

O resultado ultrapassa a meta inicial da entidade nacional, de 3%, que havia sido anunciada em janeiro. 

Segundo a ABRAS, as vendas de novembro foram impactadas principalmente pela Black Friday. Além disso, o setor foi impulsionado pela liberação do FGTS/PIS Pasep, incentivo às promoções no varejo, 13º salário, entre outras medidas.  

O Abrasmercado, que é o indicador que analisa os preços dos 35 produtos mais consumidos no autosserviço, registrou alta de 2,38% em novembro, passando de R$ 471,92 para R$ 483,15. O resultado, de acordo com a GfK, responsável pela apuração, foi impactado pelo valor da carne. 

Reportagem, Cintia Moreira