Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

Regras de Uso

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o radialista realize o login no site da Agência do Rádio - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 Mais não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

Créditos: Reprodução AUF

COPA AMÉRICA: Uruguai leva susto e fica no empate com Japão

Equador e Chile fecham segunda rodada da Copa América nesta sexta (21

Salvar imagemTexto para rádio

Não há nada que combine mais com um feriado do que uma boa dose de futebol. Nesta quinta (20) de Corpus Christi, a bola rolou pela Copa América com equipe grande passando sufoco.

Em Porto Alegre, o Uruguai entrou em campo para enfrentar o Japão na segunda rodada da fase de grupos. A seleção celeste queria confirmar a classificação, mas foi pega de surpresa pela equipe japonesa. Apesar da maior quantidade de chances ter sido do Uruguai na primeira etapa, quem balançou a rede primeiro foi o Japão, com Miyoshi, aos 24 minutos. Pouco depois, o árbitro de vídeo deu pênalti para o Uruguai. Suárez bateu, deixou tudo igual e ampliou a marca de maior artilheiro da seleção com 58 gols marcados.

Na segunda etapa, o ritmo continuou bom, com as duas equipes buscando o gol. Aos 13 minutos, teve bola na rede. Muslera deu o rebote após cruzamento na área e a bola caiu no pé de Miyoshi, que não perdoou. Dois a um Japão, segundo do camisa 11. Mas a festa não demorou muito, pois pouco tempo depois o zagueiro Gímenez apareceu após boa cobrança de Lodeiro e empatou mais uma vez. Final, Uruguai dois, Japão dois. O Japão está em terceiro lugar, enquanto os uruguaios ainda lideram o grupo com quatro pontos.

Mas isso pode mudar nesta sexta-feira (21). Equador e Chile se enfrentam na Arena Fonte nova às oito da noite, horário de Brasília. Se os chilenos vencerem, ultrapassam a seleção uruguaia na classificação.

Continue Lendo

Receba nossos conteúdos em primeira mão.

Não há nada que combine mais com um feriado do que uma boa dose de futebol. Nesta quinta (20) de Corpus Christi, a bola rolou pela Copa América com equipe grande passando sufoco.

Em Porto Alegre, o Uruguai entrou em campo para enfrentar o Japão na segunda rodada da fase de grupos. A seleção celeste queria confirmar a classificação, mas foi pega de surpresa pela equipe japonesa. Apesar da maior quantidade de chances ter sido do Uruguai na primeira etapa, quem balançou a rede primeiro foi o Japão, com Miyoshi, aos 24 minutos. Pouco depois, o árbitro de vídeo deu pênalti para o Uruguai. Suárez bateu, deixou tudo igual e ampliou a marca de maior artilheiro da seleção com 58 gols marcados.

Na segunda etapa, o ritmo continuou bom, com as duas equipes buscando o gol. Aos 13 minutos, teve bola na rede. Muslera deu o rebote após cruzamento na área e a bola caiu no pé de Miyoshi, que não perdoou. Dois a um Japão, segundo do camisa 11. Mas a festa não demorou muito, pois pouco tempo depois o zagueiro Gímenez apareceu após boa cobrança de Lodeiro e empatou mais uma vez. Final, Uruguai dois, Japão dois. O Japão está em terceiro lugar, enquanto os uruguaios ainda lideram o grupo com quatro pontos.

Mas isso pode mudar nesta sexta-feira (21). Equador e Chile se enfrentam na Arena Fonte nova às oito da noite, horário de Brasília. Se os chilenos vencerem, ultrapassam a seleção uruguaia na classificação.

Reportagem, Raphael Costa