Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

Regras de Uso

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o radialista realize o login no site da Agência do Rádio - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 Mais não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

Créditos: Assessoria / CBF

Seleções feminina e masculina vencem compromissos em domingo recheado de futebol

Pelo Brasileirão, Palmeiras ganha mais uma, segue líder e aumenta invencibilidade

Salvar imagemTexto para rádio

Você sabe quando há tantas opções de jogos para acompanhar que fica difícil até de escolher? Este fim de semana foi exatamente assim, com os jogos das seleções do Brasil e com o Brasileirão pegando fogo.

Começando o giro de resultados pela seleção feminina, que venceu o primeiro compromisso na Copa do Mundo. Com três gols de Cristiane, a equipe brasileira derrotou a Jamaica por três a zero e quebrou a sequência de derrotas que acompanhava o grupo na preparação para o Mundial. As jogadoras brasileiras poderiam ter feito um placar ainda mais elástico, mas desperdiçaram muitas chances. Final, Brasil três, Jamaica zero. A mulherada volta à campo na quinta-feira (13) no duelo contra a Austrália. Uma vitória garante o Brasil na próxima fase.

A seleção masculina também entrou em campo e deu show jogando no Beira-Rio para pouco mais de 16 mil torcedores. Com um a mais desde os 28 minutos da primeira etapa, os jogadores brasileiros aplicaram a maior goleada sob o comando de Tite: sete a zero em cima da fraquíssima seleção de Honduras. Gabriel Jesus duas vezes, Thiago Silva, Phillipe Coutinho, de pênalti, Richarlison, David Neres e Firmino marcaram na goleada. Esse foi o último compromisso da seleção masculina antes do início da Copa América, que começa na sexta-feira.

E a chapa também esquentou no Brasileirão pela oitava rodada. Começando pelos jogos do domingo, tem novo segundo colocado na tabela. Em confronto de seis pontos, o Santos entrou com sangue no olho depois da eliminação na Copa do Brasil e bateu o Atlético Mineiro por três a um. Eduardo Sasha, Jean Mota e Carlos Sanchez, em um golaço de falta, fizeram os gols do Peixe. Alerrando, em seu primeiro lance na partida, fez o de honra do time mineiro. Final, Santos três, Atlético um. O Peixe é o segundo colocado com 18 pontos, derrubando o Galo para o terceiro lugar.

Decepção no Maracanã. No clássico carioca entre Fluminense e Flamengo, muitas chances e faltas, mas nenhum gol. Empate em zero a zero. Dando sequência na boa fase, o Botafogo engatou a segunda vitória consecutiva, dessa vez diante do CSA, fora de casa, por dois a um. A vitória fez com que o Alvinegro subisse para o quarto lugar.

No sábado, tranquilidade para o líder. O Palmeiras derrotou o Athletico Paraense em seus domínios por um a zero. O jogo caminhava para um empate sem gols, mas aos 32 minutos da etapa complementar, Márcio Azevedo fez pênalti em Dudu. Raphael Veiga bateu e marcou o gol da vitória. Um a zero para o Verdão, que não perde no Brasileirão há 31 jogos. É brincadeira?

Quem deu um alívio na má fase foi o Grêmio. Jogando em Caxias do Sul, o Tricolor Gaúcho derrotou o Fortaleza por um a zero. 

Mas também teve seca de gols em três jogos. Cruzeiro e Corinthians, Ceará e Bahia e Avaí e São Paulo não saíram do zero a zero.

Também teve bola rolando na sexta e com vitória surpreendente. Em São Januário, o Vasco bateu o Internacional e conquistou a primeira vitória no torneio. Dois a um para o Gigante da Colina, que subiu duas posições, mas ainda está na zona do rebaixamento.

Uma partida fecha a rodada nesta segunda-feira. Querendo reencontrar a vitória, o Goiás joga em casa contra a Chapecoense no Serra Dourada. A bola rola às oito da noite, horário de Brasília.

Continue Lendo

Receba nossos conteúdos em primeira mão.

Você sabe quando há tantas opções de jogos para acompanhar que fica difícil até de escolher? Este fim de semana foi exatamente assim, com os jogos das seleções do Brasil e com o Brasileirão pegando fogo.

Começando o giro de resultados pela seleção feminina, que venceu o primeiro compromisso na Copa do Mundo. Com três gols de Cristiane, a equipe brasileira derrotou a Jamaica por três a zero e quebrou a sequência de derrotas que acompanhava o grupo na preparação para o Mundial. As jogadoras brasileiras poderiam ter feito um placar ainda mais elástico, mas desperdiçaram muitas chances. Final, Brasil três, Jamaica zero. A mulherada volta à campo na quinta-feira (13) no duelo contra a Austrália. Uma vitória garante o Brasil na próxima fase.

A seleção masculina também entrou em campo e deu show jogando no Beira-Rio para pouco mais de 16 mil torcedores. Com um a mais desde os 28 minutos da primeira etapa, os jogadores brasileiros aplicaram a maior goleada sob o comando de Tite: sete a zero em cima da fraquíssima seleção de Honduras. Gabriel Jesus duas vezes, Thiago Silva, Phillipe Coutinho, de pênalti, Richarlison, David Neres e Firmino marcaram na goleada. Esse foi o último compromisso da seleção masculina antes do início da Copa América, que começa na sexta-feira.

E a chapa também esquentou no Brasileirão pela oitava rodada. Começando pelos jogos do domingo, tem novo segundo colocado na tabela. Em confronto de seis pontos, o Santos entrou com sangue no olho depois da eliminação na Copa do Brasil e bateu o Atlético Mineiro por três a um. Eduardo Sasha, Jean Mota e Carlos Sanchez, em um golaço de falta, fizeram os gols do Peixe. Alerrando, em seu primeiro lance na partida, fez o de honra do time mineiro. Final, Santos três, Atlético um. O Peixe é o segundo colocado com 18 pontos, derrubando o Galo para o terceiro lugar.

Decepção no Maracanã. No clássico carioca entre Fluminense e Flamengo, muitas chances e faltas, mas nenhum gol. Empate em zero a zero. Dando sequência na boa fase, o Botafogo engatou a segunda vitória consecutiva, dessa vez diante do CSA, fora de casa, por dois a um. A vitória fez com que o Alvinegro subisse para o quarto lugar.

No sábado, tranquilidade para o líder. O Palmeiras derrotou o Athletico Paraense em seus domínios por um a zero. O jogo caminhava para um empate sem gols, mas aos 32 minutos da etapa complementar, Márcio Azevedo fez pênalti em Dudu. Raphael Veiga bateu e marcou o gol da vitória. Um a zero para o Verdão, que não perde no Brasileirão há 31 jogos. É brincadeira?

Quem deu um alívio na má fase foi o Grêmio. Jogando em Caxias do Sul, o Tricolor Gaúcho derrotou o Fortaleza por um a zero. 

Mas também teve seca de gols em três jogos. Cruzeiro e Corinthians, Ceará e Bahia e Avaí e São Paulo não saíram do zero a zero.

Também teve bola rolando na sexta e com vitória surpreendente. Em São Januário, o Vasco bateu o Internacional e conquistou a primeira vitória no torneio. Dois a um para o Gigante da Colina, que subiu duas posições, mas ainda está na zona do rebaixamento.

Uma partida fecha a rodada nesta segunda-feira. Querendo reencontrar a vitória, o Goiás joga em casa contra a Chapecoense no Serra Dourada. A bola rola às oito da noite, horário de Brasília.

Reportagem, Raphael Costa