Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

Regras de Uso

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o radialista realize o login no site da Agência do Rádio - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 Mais não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

SAÚDE NA ESCOLA: Saiba qual é o peso ideal que deve ter as mochilas escolares

...

Salvar imagem

Com a volta às aulas, os pais se deparam com um antigo problema de todos os anos: as pesadas mochilas que seus filhos carregam contendo todo o material das aulas e que acaba trazendo prejuízos à saúde de crianças e adolescentes. De acordo com o médico ortopedista do Instituto Hospital de Base (IHB), Saulo Castro, o excesso de peso pode afetar a coluna e trazer outras consequências.

 

“O grande problema é o excesso de peso e o mau uso da mochila, que acabam afetando a postura. Ainda mais se for criada em apenas um dos outros e a gente vê muita criança e adolescente usando mochila em apenas um ombro. Esse seria o grande problema: o peso da mochila, até porque para criança a musculatura do corpo ainda não está completamente desenvolvida e acaba que o material excede essa porcentagem [de 10% do peso da criança], então uma criança de 50 quilos não poderia exceder 5 quilos”.

 

Para quem não sabe o que fazer para evitar problemas de saúde relacionados ao uso de mochilas pesadas, o médico ortopedista Saulo Castro dá algumas dicas. 

 

“O ideal é que ela fique bem ajustada ao corpo, na região dorsal nas costas, com as alças e simétricas, dividindo o peso entre os dois ombros. Sempre se lembrando do excesso de peso, que não deve exceder 10% do peso corporal”.

 

A melhor forma de evitar esses problemas e a utilização de armários nas escolas para que as crianças guardem os materiais e transportem apenas o necessário para cada aula, caso não seja possível, outra maneira de facilitar a vidas de crianças e adolescentes é a utilização de mochilas com rodinhas.

 

Reportagem, Janary Damacena.

 

Fonte: Brasil 61

Continue Lendo





Receba nossos conteúdos em primeira mão.