Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

Regras de Uso

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o radialista realize o login no site da Agência do Rádio - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 Mais não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

Divulgação

MINUTO DA SAÚDE: Existe pote certo para fazer a doação de leite materno?

Entre janeiro a abril deste ano, o Brasil registrou uma redução de 5% no número de mulheres que doaram leite materno se compararmos com mesmo período do ano passado. Isso quer dizer que pouco mais de 58 mil mães fizeram doação

Salvar imagemTexto para rádio

Entre janeiro a abril deste ano, o Brasil registrou uma redução de 5% no número de mulheres que doaram leite materno se compararmos com mesmo período do ano passado. Isso quer dizer que pouco mais de 58 mil mães fizeram doação. Esse número preocupa porque em torno de 330 mil crianças nascem prematuras por ano no Brasil e em muitas situações, quando esses bebês estão internados em Unidades Neonatais, suas mães não podem amamentá-los e necessitam da doação de leite materno proveniente dos Bancos de Leite Humano. Por isso, toda doação de leite materno é importante para ajudar a salvar vidas. Para você mãe, que deseja e pode doar o leite materno, a coordenadora de Saúde da Criança e Aleitamento Materno do Ministério da Saúde, Janini Selva Ginani, explica como qual o tipo de recipiente deve ser usado para armazenar o leite materno.

“O leite deve ser armazenado em um frasco de vidro limpo e fervido por pelo menos 15 minutos com tampa plástica de fácil abertura. O frasco deve ser etiquetado com nome da mãe, data e hora da primeira coleta e guardado no congelador por até 10 dias depois da primeira coleta.”

Qualquer quantidade de leite materno pode ajudar. Para se ter uma ideia, 1 ml de leite já é uma quantidade suficiente para manter nutrido um recém-nascido a cada refeição, dependendo do peso. O pote não precisa estar cheio para ser levado ao Banco de Leite Humano. Então, se este for o seu caso, entre em contato com o Banco de Leite Humano mais próximo de sua casa.

“Doe leite materno. Nessa corrente pela vida, cada gota faz a diferença". Para mais informações, ligue 136 ou acesse o site saude.gov.br/doacaodeleite. 
 

Fonte: <a href='https://www.brasil61.com/noticias/minuto-da-saude-existe-pote-certo-para-fazer-a-doacao-de-leite-materno-milk200048' target='_blank'>Brasil 61</a>

Continue Lendo





Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: Entre janeiro a abril deste ano, o Brasil registrou uma redução de 5% no número de mulheres que doaram leite materno se compararmos com mesmo período do ano passado. Isso quer dizer que pouco mais de 58 mil mães fizeram doação. Esse número preocupa porque em torno de 330 mil crianças nascem prematuras por ano no Brasil e em muitas situações, quando esses bebês estão internados em Unidades Neonatais, suas mães não podem amamentá-los e necessitam da doação de leite materno proveniente dos Bancos de Leite Humano. Por isso, toda doação de leite materno é importante para ajudar a salvar vidas. Para você mãe, que deseja e pode doar o leite materno, a coordenadora de Saúde da Criança e Aleitamento Materno do Ministério da Saúde, Janini Selva Ginani, explica como qual o tipo de recipiente deve ser usado para armazenar o leite materno.

TEC./SONORA: Coordenadora de Saúde da Criança e Aleitamento Materno do Ministério da Saúde, Janini Selva Ginani.

“O leite deve ser armazenado em um frasco de vidro limpo e fervido por pelo menos 15 minutos com tampa plástica de fácil abertura. O frasco deve ser etiquetado com nome da mãe, data e hora da primeira coleta e guardado no congelador por até 10 dias depois da primeira coleta.”

LOC.: Qualquer quantidade de leite materno pode ajudar. Para se ter uma ideia, 1 ml de leite já é uma quantidade suficiente para manter nutrido um recém-nascido a cada refeição, dependendo do peso. O pote não precisa estar cheio para ser levado ao Banco de Leite Humano. Então, se este for o seu caso, entre em contato com o Banco de Leite Humano mais próximo de sua casa.

“Doe leite materno. Nessa corrente pela vida, cada gota faz a diferença". Para mais informações, ligue 136 ou acesse o site saude.gov.br/doacaodeleite.