Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

Regras de Uso

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o radialista realize o login no site da Agência do Rádio - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 Mais não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

Foto: Divulgação

FUTEBOL: FLA FLU decide vaga para final da Taça Guanabara; Timão pressionado na Liberta

O Internacional venceu o Universidad de Chile e se classificou para a segunda fase da pré-Libertadores

Salvar imagemTexto para rádio

O Internacional se garantiu na segunda fase da pré-Libertadores. O Colorado venceu o Universidad de Chile por dois a zero e passou para a próxima fase. Agora os gaúchos enfrentam o Tolima e se passarem pelos colombianos, garantem vaga na fase de grupos da Liberta. 

Hoje é a vez do Corinthians. O Timão recebe o Guaraní do Paraguai, na Arena, às nove e meia da noite. Os paulistas precisam vencer por dois gols de diferença para se classificar de forma direta. Se conseguirem, também avançam para a segunda fase da pré-Libertadores e irão enfrentar o vencedor do confronto entre Cerro Largo e Palestino.

Na Sul-Americana, o Goiás perdeu para o Sol de América, no Paraguai, por um a zero. Agora os goianos precisam vencer a partida de volta, que será disputada no dia 25 no Serra Dourada, por dois gols de diferença para se classificar de forma direta. Nesta quarta-feira, o Bahia estreia na competição contra o Nacional do Paraguai, às nove e meia da noite na Fonte Nova. 

Agora vamos aos estaduais. Pelas semifinais do Campeonato Carioca, teremos Fla-Flu. Flamengo e Fluminense se enfrentam às oito e meia da noite, no Maracanã. Quem vencer se classifica para a final do primeiro turno do torneio.

Agora vamos para a nossa querida Copa do Brasil, o torneio onde as zebras fazem a festa. E a regra é clara: os times melhores colocados no ranking da CBF, os considerados grandes, não podem perder fora de casa. O Vasco vai até o Piauí enfrentar o Altos, às nove e meia da noite. O Atlético Mineiro irá enfrentar o Campinense, em Campina Grande, às nove e meia da noite. O Ceará vai até o Pará enfrentar o Bragantino. O jogo será às três e meia da tarde. O Sport encara o Brusque, de Santa Catarina, às sete e quinze da noite. O Coritiba viajou cerca de quatro mil quilômetros para enfrentar o Manaus. O jogo será às dez e meia da noite na capital amazonense. 
 

Continue Lendo





Receba nossos conteúdos em primeira mão.

O Internacional se garantiu na segunda fase da pré-Libertadores. O Colorado venceu o Universidad de Chile por dois a zero e passou para a próxima fase. Agora os gaúchos enfrentam o Tolima e se passarem pelos colombianos, garantem vaga na fase de grupos da Liberta. 

Hoje é a vez do Corinthians. O Timão recebe o Guaraní do Paraguai, na Arena, às nove e meia da noite. Os paulistas precisam vencer por dois gols de diferença para se classificar de forma direta. Se conseguirem, também avançam para a segunda fase da pré-Libertadores e irão enfrentar o vencedor do confronto entre Cerro Largo e Palestino.

Na Sul-Americana, o Goiás perdeu para o Sol de América, no Paraguai, por um a zero. Agora os goianos precisam vencer a partida de volta, que será disputada no dia 25 no Serra Dourada, por dois gols de diferença para se classificar de forma direta. Nesta quarta-feira, o Bahia estreia na competição contra o Nacional do Paraguai, às nove e meia da noite na Fonte Nova. 

Agora vamos aos estaduais. Pelas semifinais do Campeonato Carioca, teremos Fla-Flu. Flamengo e Fluminense se enfrentam às oito e meia da noite, no Maracanã. Quem vencer se classifica para a final do primeiro turno do torneio.

Agora vamos para a nossa querida Copa do Brasil, o torneio onde as zebras fazem a festa. E a regra é clara: os times melhores colocados no ranking da CBF, os considerados grandes, não podem perder fora de casa. O Vasco vai até o Piauí enfrentar o Altos, às nove e meia da noite. O Atlético Mineiro irá enfrentar o Campinense, em Campina Grande, às nove e meia da noite. O Ceará vai até o Pará enfrentar o Bragantino. O jogo será às três e meia da tarde. O Sport encara o Brusque, de Santa Catarina, às sete e quinze da noite. O Coritiba viajou cerca de quatro mil quilômetros para enfrentar o Manaus. O jogo será às dez e meia da noite na capital amazonense. 

Reportagem, Paulo Henrique Gomes