Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

Regras de Uso

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o radialista realize o login no site da Agência do Rádio - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 Mais não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

Crédito: Reprodução S.C.I.

COPA DO BRASIL: Inter despacha Cruzeiro e jogará a final contra o Furacão

Colorado vence time mineiro com tranquilidade e agora disputará o título contra Athletico, que eliminou o Grêmio nos pênaltis

Salvar imagemTexto para rádio

A Copa do Brasil já tem definido os finalistas que vão duelar para saber quem leva o título de um dos campeonatos mais importantes do país. Dos jogos que movimentaram às semifinais da competição, nesta quarta-feira (4), o triunfo foi conquistado por Internacional e Athletico Paranaense, que eliminaram seus adversários.

O Colorado entrou em campo, no Beira-Rio, contra o Cruzeiro. O time gaúcho tinha a vantagem de ter vencido a primeira partida por um a zero. No entanto, quem esperava que a equipe comandada por Odair Hellman se acomodasse com o placar se enganou. 

Desde o primeiro minuto o Inter foi para cima. A Raposa tentava reagir, mas nas poucas chances que criava parava em Marcelo Lomba. Até que aos 39, Guerrero mostrou o porquê é um dos jogadores mais importantes do time. 

Após cruzamento de D'Alessandro para a área, o atacante peruano pegou a sobra e fez de cabeça. No segundo tempo, Guerrero fez de novo. Após tabela com Nico López, o camisa nove chutou forte e ampliou a vantagem com um golaço. Para sacramentar, Victor Cuesta lançou uma bola da defesa, Edenilson recebeu no ataque, nas costas dos zagueiros, e encobriu Fábio de maneira cruel para fechar a conta. Internacional finalista, três, Cruzeiro zero.

E o adversário da final será o Athletico Paranaense que, de maneira heroica, buscou o resultado no tempo normal e garantiu a classificação nos pênaltis. Nikão, aos 16 da primeira etapa, e Marco Rúben no início do segundo tempo igualaram o placar e levaram a decisão para os pênaltis. Na última cobrança, Pepê bateu e Santos fez ótima defesa para colocar de vez a equipe paranaense na decisão inédita.

Agora, as duas equipes fazem a primeira partida da decisão no próximo dia 11 de setembro. 

Continue Lendo





Receba nossos conteúdos em primeira mão.

A Copa do Brasil já tem definido os finalistas que vão duelar para saber quem leva o título de um dos campeonatos mais importantes do país. Dos jogos que movimentaram às semifinais da competição, nesta quarta-feira (4), o triunfo foi conquistado por Internacional e Athletico Paranaense, que eliminaram seus adversários.

O Colorado entrou em campo, no Beira-Rio, contra o Cruzeiro. O time gaúcho tinha a vantagem de ter vencido a primeira partida por um a zero. No entanto, quem esperava que a equipe comandada por Odair Hellman se acomodasse com o placar se enganou. 

Desde o primeiro minuto o Inter foi para cima. A Raposa tentava reagir, mas nas poucas chances que criava parava em Marcelo Lomba. Até que aos 39, Guerrero mostrou o porquê é um dos jogadores mais importantes do time. 

Após cruzamento de D'Alessandro para a área, o atacante peruano pegou a sobra e fez de cabeça. No segundo tempo, Guerrero fez de novo. Após tabela com Nico López, o camisa nove chutou forte e ampliou a vantagem com um golaço. Para sacramentar, Victor Cuesta lançou uma bola da defesa, Edenilson recebeu no ataque, nas costas dos zagueiros, e encobriu Fábio de maneira cruel para fechar a conta. Internacional finalista, três, Cruzeiro zero.

E o adversário da final será o Athletico Paranaense que, de maneira heroica, buscou o resultado no tempo normal e garantiu a classificação nos pênaltis. Nikão, aos 16 da primeira etapa, e Marco Rúben no início do segundo tempo igualaram o placar e levaram a decisão para os pênaltis. Na última cobrança, Pepê bateu e Santos fez ótima defesa para colocar de vez a equipe paranaense na decisão inédita.

Agora, as duas equipes fazem a primeira partida da decisão no próximo dia 11 de setembro. 

Reportagem, Raphael Costa