Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

Regras de Uso

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o radialista realize o login no site da Agência do Rádio - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 Mais não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

Com retrospecto favorável, Brasil reencontra México na Copa do Mundo

No último encontro entre as seleções, houve empate sem gols na primeira fase, em 2014

Salvar imagem

Vai ser em ritmo latino que o Brasil seguirá na busca pelo hexa. Após garantir a classificação para as oitavas de final da Copa na liderança do grupo E, a nossa seleção terá pela frente o México, que terminou a fase de grupos em segundo lugar no grupo F.

Na última Copa, em 2014, o caminho de brasileiros e mexicanos se cruzaram logo na primeira fase. Naquela ocasião, o jogo terminou zero a zero, apesar das chances criadas pelos dois lados.
De quatro anos para cá, muita coisa mudou nas duas seleções. O Brasil trocou de técnico duas vezes. Primeiro, Dunga assumiu o lugar de Felipão após o vexame histórico contra a Alemanha. Com uma campanha ruim nas eliminatórias, Tite assumiu o comando verde e amarelo.

No México, Osório foi contratado logo após o Mundial de 2014 e ainda permanece à frente de La Tri. Os mexicanos, assim como os brasileiros, tiveram desempenho ruim em duas edições da Copa América, incluindo uma goleada histórica de sete a zero para o Chile em 2016.

Apesar do massacre, a federação mexicana manteve Osório no comando da seleção. Mesmo sob desconfiança dos torcedores, o ex-treinador do São Paulo levou o país à classificação para a Copa da Rússia. Com seis vitórias, três empates e uma derrota, os mexicanos terminaram as eliminatórias em primeiro lugar, com cinco pontos a mais que a vice-líder Costa Rica.

Com uma vitória surpreendente diante de Alemanha, outro triunfo diante da Coreia do Sul e um vacilo contra a Suécia, o México chega confiante para o duelo contra o Brasil. O retrospecto é favorável à nossa seleção: jamais perdeu para os mexicanos em Copas do Mundo. São três vitórias, duas delas com direito a goleada e o empate sem gols na última edição.

Chicharito Hernández é a esperança de criatividade, boas jogadas e gols do México. É o homem a ser observado pela comissão de Tite e quem pode fazer a diferença para os nossos adversários.Chicharito Hernández é a esperança de criatividade, boas jogadas e futebol gols do MéxicoJá os brasileiros devem tentar manter o desempenho apresentado contra a Sérvia, com uma defesa sólida e movimentação no ataque. A pontaria deve ser trabalhada, já que no último encontro o goleiro Ochoa foi fundamental para o empate sem gols.

Neymar, Phillipe Coutinho e Casemiro estão pendurados com um cartão amarelo cada. Danilo, Douglas Costa e Marcelo, substituído na partida contra a Sérvia com dores nas costas, são dúvidas para o confronto. Brasil e México se enfrentam na próxima segunda-feira (2), às onze da manhã, horário de Brasília.

Reportagem, Raphael Costa

#Copa2018
 

Fonte: <a href='https://www.brasil61.com/noticias/com-retrospecto-favoravel-brasil-reencontra-mexico-na-copa-do-mundo-pran180996' target='_blank'>Brasil 61</a>

Continue Lendo





Receba nossos conteúdos em primeira mão.