Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

Regras de Uso

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o radialista realize o login no site da Agência do Rádio - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 Mais não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

Créditos: Ivan Storti/Santos FC

Clássico entre Santos e São Paulo abre 14ª rodada do Brasileirão

Na vice-liderança, Palmeiras recebe o Bahia na corrida pela liderança; Fla tenta se recuperar de derrota em duelo contra o Grêmio, no Maracanã

Salvar imagemTexto para rádio

Nove partidas movimentam neste fim de semana a 14ª rodada do Brasileirão.

No sábado (10), tem clássico paulista que vale a liderança. Às cinco da tarde, São Paulo e Santos se enfrentam no Morumbi. O Tricolor não entra em campo desde o dia 27 julho, quando venceu o Fluminense. Uma vitória coloca o time, sexto colocado, na briga por aspirações maiores. Grande reforço para a temporada, Daniel Alves ainda não deve estrear. Já o Santos é o primeiro colocado com quatro pontos de vantagem para o Palmeiras. A equipe comandada por Jorge Sampaoli venceu as últimas sete partidas no campeonato.

No mesmo horário, o Ceará, 11º colocado, joga contra a Chapecoense, no Castelão. O time catarinense está na zona do rebaixamento e precisa da vitória a todo custo.

Às sete da noite, é a vez do Flamengo, terceiro colocado, entrar em campo. O Rubro-Negro encara o Grêmio, 13º na tabela, no Maracanã. Ainda sem Gabigol, em recuperação para a Libertadores, o técnico Jorge Jesus deve repetir a escalação da última rodada. De olho no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil, o Tricolor Gaúcho deve ir a campo com um time alternativo.

Fechando o sabadão, às nove da noite, Atlético Mineiro e Fluminense tem compromisso no Independência. O Galo igualou o número de pontos do Flamengo, mas está na quarta posição por conta do número de gols marcados. Para o Flu, vencer significa se afastar da zona do rebaixamento, já que ocupa o 16º lugar na tabela.

No domingo, a emoção começa logo cedo. O Beira-Rio será palco de Internacional e Corinthians, às onze da manhã. Embalado nos mata-matas, o Colorado está em sétimo e precisa da vitória para não se descolar da luta pelo título. O Timão colou no pelotão de cima, e na quinta posição, quer engrenar de vez.

Quatro da tarde a bola rola para Palmeiras e Bahia. Sob pressão do torcedor, o Verdão quer encurtar a distância para o líder Santos, enquanto o Tricolor de Aço, em décimo lugar, chega com moral após vencer na última rodada.

No mesmo horário, o Botafogo, nono colocado, recebe o Athletico Paranaense, em oitavo, com os mesmos 19 pontos do Alvinegro.

Em crise, que acarretou a demissão de Mano Menezes, o Cruzeiro tem confronto direto na briga para fugir da zona da degola. A Raposa, em décimo oitavo lugar, vai até Santa Catarina enfrentar o lanterna Avaí.

Fechando a série de jogos do fim de semana, o Goiás, na partida que marca a volta do técnico Ney Franco, joga diante do Vasco, no Serra Dourada, às sete da noite. O Esmeraldino é o 12º na tabela, enquanto o Gigante da Colina aparece na 15ª colocação.

Continue Lendo

Receba nossos conteúdos em primeira mão.

Nove partidas movimentam neste fim de semana a 14ª rodada do Brasileirão.

No sábado (10), tem clássico paulista que vale a liderança. Às cinco da tarde, São Paulo e Santos se enfrentam no Morumbi. O Tricolor não entra em campo desde o dia 27 julho, quando venceu o Fluminense. Uma vitória coloca o time, sexto colocado, na briga por aspirações maiores. Grande reforço para a temporada, Daniel Alves ainda não deve estrear. Já o Santos é o primeiro colocado com quatro pontos de vantagem para o Palmeiras. A equipe comandada por Jorge Sampaoli venceu as últimas sete partidas no campeonato.

No mesmo horário, o Ceará, 11º colocado, joga contra a Chapecoense, no Castelão. O time catarinense está na zona do rebaixamento e precisa da vitória a todo custo.

Às sete da noite, é a vez do Flamengo, terceiro colocado, entrar em campo. O Rubro-Negro encara o Grêmio, 13º na tabela, no Maracanã. Ainda sem Gabigol, em recuperação para a Libertadores, o técnico Jorge Jesus deve repetir a escalação da última rodada. De olho no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil, o Tricolor Gaúcho deve ir a campo com um time alternativo.

Fechando o sabadão, às nove da noite, Atlético Mineiro e Fluminense tem compromisso no Independência. O Galo igualou o número de pontos do Flamengo, mas está na quarta posição por conta do número de gols marcados. Para o Flu, vencer significa se afastar da zona do rebaixamento, já que ocupa o 16º lugar na tabela.

No domingo, a emoção começa logo cedo. O Beira-Rio será palco de Internacional e Corinthians, às onze da manhã. Embalado nos mata-matas, o Colorado está em sétimo e precisa da vitória para não se descolar da luta pelo título. O Timão colou no pelotão de cima, e na quinta posição, quer engrenar de vez.

Quatro da tarde a bola rola para Palmeiras e Bahia. Sob pressão do torcedor, o Verdão quer encurtar a distância para o líder Santos, enquanto o Tricolor de Aço, em décimo lugar, chega com moral após vencer na última rodada.

No mesmo horário, o Botafogo, nono colocado, recebe o Athletico Paranaense, em oitavo, com os mesmos 19 pontos do Alvinegro.

Em crise, que acarretou a demissão de Mano Menezes, o Cruzeiro tem confronto direto na briga para fugir da zona da degola. A Raposa, em décimo oitavo lugar, vai até Santa Catarina enfrentar o lanterna Avaí.

Fechando a série de jogos do fim de semana, o Goiás, na partida que marca a volta do técnico Ney Franco, joga diante do Vasco, no Serra Dourada, às sete da noite. O Esmeraldino é o 12º na tabela, enquanto o Gigante da Colina aparece na 15ª colocação.

Reportagem, Raphael Costa