Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

Regras de Uso

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o radialista realize o login no site da Agência do Rádio - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 Mais não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

Créditos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

BRASILEIRÃO: Palmeiras tenta se distanciar na ponta da tabela e se apega a “freguesia” diante do Vasco

Líder do campeonato, Verdão não perde para o Gigante da Colina desde novembro de 2015

Salvar imagemTexto para rádio

A briga pela ponta da tabela movimenta a 12ª rodada do Brasileirão. Neste fim de semana, nove jogos acontecem em todo o país.

Depois de três jogos fora de casa sem vitória, o líder Palmeiras reencontra sua torcida no Allianz Parque, onde recebe o Vasco, neste sábado (27), às cinco da tarde. O Verdão tenta embalar novamente e reconquistar a confiança, já que na última rodada perdeu a invencibilidade de mais de 30 jogos no torneio nacional. Já o Gigante da Colina quer se afastar ainda mais da zona de rebaixamento, mas, para isso, terá que quebrar um tabu: não vence o Palmeiras desde novembro de 2015.

O Internacional, sexto na tabela, mede forças diante do Ceará, no Beira-Rio. O time gaúcho deve entrar em campo com um time alternativo, pois na próxima quarta (31) tem duelo decisivo pela Libertadores. Quem não tem nada a ver com isso e quer aprontar mais uma é o Vozão, que ocupa o 13º lugar e chega cheio de moral a Porto Alegre após derrotar o último invicto da competição.

Apesar de estar na semifinal da Copa do Brasil e ter ido bem no duelo de ida das oitavas da Libertadores, o torcedor do Cruzeiro cobra atuações mais consistentes no Brasileirão. Sem vencer há cinco rodadas, o time celeste joga no Mineirão contra o Athletico Paranaense. Provavelmente, as duas equipes devem utilizar reservas por conta dos compromissos no meio de semana pela Libertadores. A Raposa está na 16ª posição, enquanto o Furacão é o sétimo colocado.

No duelo Rio-São Paulo da rodada, um clássico de tricolores no Maraca. Fluminense e São Paulo se enfrentam em situações bem diferentes. Os cariocas vêm de derrota no clássico diante do Vasco na última rodada, resultado que colocou o time na zona do rebaixamento, na 17ª posição. Já os paulistas enfim desencantaram ao golear a Chape, no Morumbi. O triunfo levou o time ao quinto lugar, o que faz a torcida sonhar com título brasileiro depois de 11 anos.

Chapecoense e Bahia abrem o domingo (28), no jogo das onze da manhã, na Arena Condá. O Verdão do Oeste está na antepenúltima posição, na zona da degola, e tenta usar o fator casa para voltar a vencer. Querendo se aproximar do pelotão de cima, Tricolor de Aço, 12º colocado, busca a primeira vitória fora de casa neste Brasileirão.

Empatado em número de pontos com o Palmeiras na liderança, o Santos recebe o lanterna Avaí, na Vila Belmiro. Os comandados de Jorge Sampaoli conquistaram quatro vitórias consecutivas nas últimas rodadas, três delas fora de casa. Do outro lado, o time catarinense, de pior campanha do campeonato, é o único que ainda não venceu uma partida sequer.

Domingo também é dia de clássico carioca. Passando por um momento conturbado na temporada, o Flamengo recebe o Botafogo, no Maracanã. Mesmo ocupando o terceiro lugar no Brasileirão, os torcedores estão na bronca com a eliminação na Copa do Brasil e pela derrota considerada vergonhosa na Libertadores. Somado aos maus resultados, o técnico português Jorge Jesus terá que fazer milagre para montar a equipe. Isso porque Diego sofreu fratura no tornozelo, passou por cirurgia e deve desfalcar a equipe por, ao menos, quatro meses. Além do camisa 10, Éverton Ribeiro, Arrascaeta e Vitinho também têm problemas físicos e são desfalques certos diante do rival. Berrío, expulso na última rodada, também não joga. Do outro lado, o Fogão quer retomar o caminho das vitórias e subir na tabela. A sequência de duas derrotas e um empate nas últimas partidas fez o Alvinegro cair para o oitavo lugar.

O Fortaleza, 14º colocado, pega o Corinthians, na décima posição, no Castelão. Fechando a rodada do fim de semana, o Goiás, em nono na classificação, duela contra o Atlético Mineiro, quarto colocado.

Fonte: <a href='https://www.brasil61.com/noticias/brasileirao-palmeiras-tenta-se-distanciar-na-ponta-da-tabela-e-se-apega-a-freguesia-diante-do-vasco-pran197613' target='_blank'>Brasil 61</a>

Continue Lendo





Receba nossos conteúdos em primeira mão.

A briga pela ponta da tabela movimenta a 12ª rodada do Brasileirão. Neste fim de semana, nove jogos acontecem em todo o país.

Depois de três jogos fora de casa sem vitória, o líder Palmeiras reencontra sua torcida no Allianz Parque, onde recebe o Vasco, neste sábado (27), às cinco da tarde. O Verdão tenta embalar novamente e reconquistar a confiança, já que na última rodada perdeu a invencibilidade de mais de 30 jogos no torneio nacional. Já o Gigante da Colina quer se afastar ainda mais da zona de rebaixamento, mas, para isso, terá que quebrar um tabu: não vence o Palmeiras desde novembro de 2015.

O Internacional, sexto na tabela, mede forças diante do Ceará, no Beira-Rio. O time gaúcho deve entrar em campo com um time alternativo, pois na próxima quarta (31) tem duelo decisivo pela Libertadores. Quem não tem nada a ver com isso e quer aprontar mais uma é o Vozão, que ocupa o 13º lugar e chega cheio de moral a Porto Alegre após derrotar o último invicto da competição.

Apesar de estar na semifinal da Copa do Brasil e ter ido bem no duelo de ida das oitavas da Libertadores, o torcedor do Cruzeiro cobra atuações mais consistentes no Brasileirão. Sem vencer há cinco rodadas, o time celeste joga no Mineirão contra o Athletico Paranaense. Provavelmente, as duas equipes devem utilizar reservas por conta dos compromissos no meio de semana pela Libertadores. A Raposa está na 16ª posição, enquanto o Furacão é o sétimo colocado.

No duelo Rio-São Paulo da rodada, um clássico de tricolores no Maraca. Fluminense e São Paulo se enfrentam em situações bem diferentes. Os cariocas vêm de derrota no clássico diante do Vasco na última rodada, resultado que colocou o time na zona do rebaixamento, na 17ª posição. Já os paulistas enfim desencantaram ao golear a Chape, no Morumbi. O triunfo levou o time ao quinto lugar, o que faz a torcida sonhar com título brasileiro depois de 11 anos.

Chapecoense e Bahia abrem o domingo (28), no jogo das onze da manhã, na Arena Condá. O Verdão do Oeste está na antepenúltima posição, na zona da degola, e tenta usar o fator casa para voltar a vencer. Querendo se aproximar do pelotão de cima, Tricolor de Aço, 12º colocado, busca a primeira vitória fora de casa neste Brasileirão.

Empatado em número de pontos com o Palmeiras na liderança, o Santos recebe o lanterna Avaí, na Vila Belmiro. Os comandados de Jorge Sampaoli conquistaram quatro vitórias consecutivas nas últimas rodadas, três delas fora de casa. Do outro lado, o time catarinense, de pior campanha do campeonato, é o único que ainda não venceu uma partida sequer.

Domingo também é dia de clássico carioca. Passando por um momento conturbado na temporada, o Flamengo recebe o Botafogo, no Maracanã. Mesmo ocupando o terceiro lugar no Brasileirão, os torcedores estão na bronca com a eliminação na Copa do Brasil e pela derrota considerada vergonhosa na Libertadores. Somado aos maus resultados, o técnico português Jorge Jesus terá que fazer milagre para montar a equipe. Isso porque Diego sofreu fratura no tornozelo, passou por cirurgia e deve desfalcar a equipe por, ao menos, quatro meses. Além do camisa 10, Éverton Ribeiro, Arrascaeta e Vitinho também têm problemas físicos e são desfalques certos diante do rival. Berrío, expulso na última rodada, também não joga. Do outro lado, o Fogão quer retomar o caminho das vitórias e subir na tabela. A sequência de duas derrotas e um empate nas últimas partidas fez o Alvinegro cair para o oitavo lugar.

O Fortaleza, 14º colocado, pega o Corinthians, na décima posição, no Castelão. Fechando a rodada do fim de semana, o Goiás, em nono na classificação, duela contra o Atlético Mineiro, quarto colocado.

Reportagem, Raphael Costa